terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Tatuagem Lunar




Noite de lua cheia, pensamentos inquietos, coração esquisito...
Uma nuvem que passa e esconde o que há de belo...
Mas engano os contratempos ao imaginar o reflexo da lua no brilho do seu olhar...
Uma proximidade estipulada pelo coração...
Vontade de estar perto, encontrar com a lua, passear pelos ares...
Desprender do chão e voar ao seu encontro...
Espiar sutilmente da esquina e ver seu movimento...
Invejo o vento que brinca com seus cabelos e lhe toca a pele...
Perder a noção do tempo, abandonar relógios, porque os segundos são curtos demais...
Quero não ter hora para lhe devolver, portanto, tatuei na lua o seu sorriso...

Postar um comentário